NOMES DOS DOCES CONVENTUAIS

Agarradinhos, bem-casado, barriga de freira, baba de anjo etc.

As freiras davam nomes libidinosos aos doces que faziam nos conventos portugueses com gemas de ovos e muito açúcar, uma vez que era o auge do ciclo do açúcar.

As claras eram destinadas a engomar as roupas.

Soror Mariana Alcoforado estava no convento desde os 12 anos quando, aos 26, se apaixonou por um nobre comandante militar francês.

Ele desfrutou-a às escondidas durante toda a campanha das guerras contra a Espanha, travadas em Portugal.

Ao terminar a guerra, ele disse, quando foi embora, que viria buscá-la.

Nunca mais veio, e ela durante um bom tempo escreveu-lhe cartas, a princípio esperançosas e depois desiludidas.

Naturalmente, o mentiroso e sedutor nunca mais voltou e ela morreu abandonada aos 83 anos.

Grande dica de leitura, Fabio Campana. Vou ler de novo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s